4.12.2011

Cabelos crespos : aprendendo a gostar

 Dica de leitura
 O Cabelo de Lelê  conta a história de uma garotinha que não gostava de seus cabelos crespos e armados, aliás, over armados. E a todo momento se questionava : por que tantos cachinhos?  Sai então, em busca de respostas, e acaba por descobrir suas raízes africanas, e o porquê dos cachinhos.



E passa a ter orgulho deles!

As ilustrações são incríveis;  o texto é poético, cheio de graça e rimas. Contudo é necessário adaptá-lo para crianças pequenas.
Será um livro particularmente útil às meninas de cabelos étnicos, como minha filha, resultado raro de uma intrincada ascendência afro-ameríndia-luso-irlandesa :



Olha no que deu esse mix todo: pele alvíssima, cabelos black power  e nariz chato. É isso que eu chamo de mestiça!




Cabelos yellow power , com muito orgulho!


11 comentários:

  1. Ha, ha, ha! Essas ilustrações são ilárias mesmo!
    Parabéns por sua filha. Ela parece menina de propaganda!

    ResponderExcluir
  2. QUE LIVRO INTERESSANTE, EU SOU LOUCA POR LIVROS INFANTIS. AQUI TEMOS UMA ESTANTE CHEIA. SUA FILHA PARECE UMA BONECA, INCENTIVANDO A LEITURA SERÁ UMA PRINCESA, LINDA E INTELIGENTE. BEIJOCAS ...

    ResponderExcluir
  3. Também gosto de incentivar a leitura. Já disse a meus filhos: livros, terão sempre que quiserem; brinquedos, de vez em quando.

    Bjks

    ResponderExcluir
  4. Minha filha tem os cabelos afros, mas detesta-os. Esse livro é uma boa idéia. Precisamos ensina=las a gostarem e a valorizarem seus cabelinhos cacheados, porque, vamos combinar, são lindos, não é?

    ResponderExcluir
  5. Ótima a dica do livro. Sua filha é linda. E que cabelo lindo. Parabéns.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Valeu a dica!!! Vou trabalhar com meus alunos diferenças esta semana. Esse livro vai complementar a atividade.

    ResponderExcluir
  7. Ela adora livros,e desenhar, quanto aos seus cabelos louros crespos,são únicos e verdadeiros. Princezinha do vovô,e da familia que a ama muito. kisses,
    Vigando Rawietsch.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails