1.07.2011

Bebês bilíngues demoram mais a falar?


Essa é uma preocupação que acomete muitos pais de crianças bilingues, ou então, de crianças multilingues. Entretanto, segundo Kendall King e Alison Mackey, autores do livro The Bilingual Edge, estudos comparativos entre crianças bilingues e crianças não-bilingues não apontaram diferenças significativas entre os dois grupos. 
É bom lembrar, porém,  que alguns pais relatam que seus filhos criados em situação de bilinguísmo, demoraram um pouco mais a falar.
Aqui em casa, desde o nascimento minhas filhas foram expostas a 3 idiomas, simultaneamente - inglês, francês e português (além de chinês, russo e italiano, com menor intensidade). Não é que eu quisesse que elas fossem multilingues, não. É que o meu hobby é estudar línguas estrangeiras, e foi inevitável a exposição de toda a família a essas línguas. Apesar disso, não demoraram nada a falar. 

8 comentários:

  1. Tenho aprendido muito por aqui.. Beijos


    Proponho um “Desafio da blogueira”
    Este desafio consiste em criar uma forma de discutirmos temas sobre a educação.
    Vamos comentar uma citação, e criar um espaço para o debate sobre o nosso papel quanto educador - educando.
    E só entrar que você encontrará vários posts, estou esperando a sua resposta
    Http://professorinhamuitomaluquinha.blogspot.com/search/label/desafio%20da%20blogueira

    ResponderExcluir
  2. 白马∙马塞罗 Marcelo Bayma7 de jan de 2011 16:47:00

    晚上好!
    Buona sera!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, é muita cultura! Estudou chinês? Hobby?

    ResponderExcluir
  4. Chinês e italiano, desde 2004.
    Mas não estou sozinho e, em verdade, fiquei pra trás, pois não investi no francês e tampouco no russo.

    ResponderExcluir
  5. Alguem pode me dizer sites bons sobre isso. Eu sou Brasileira, o pai é Francês e moramos nos EUA. Estou super preocupada com a dificuldade que ele poderá ter em lidar com tanta lingua. Grata

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida

    Conheço ótimos livros sobre criar crianças bilíngues. Hoje mesmo vou escrever um post sobre o assunto.
    Eu não conheço nenhum site a respeito, mas sei que existem ótimos sites americanos, e sei também
    que nos EUA, o bilinguísmo é muito valorizado. Seu filho é uma criança privilegiada!
    Bem, fique ligada, que o post sobre bilinguísmo sai ainda hoje (horário do Brasil).

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Vanègue,

    Lembrei agora de uma comunidade no Orkut, com membros muito atenciosos e ativos chamada "Como Ensinar Seu Bebê a Ler". Mesmo que você não tenha nenhuma intenção de ensinar seu bebê a ler, há muitas pessoas lá, na mesma situação que você, casadas com estrangeiros, morando no exterior. Entre lá, e exponha sua preocupação. Com certeza, há alguém que conhece ótimos sites, e que pode falar de sua própria experiência.
    Entra lá, que vale a pena.

    ResponderExcluir
  8. Também há um grupo no Yahoo com mães que falam inglês (e provavelmente são, a maioria delas, residentes nos EUA) chamado "Teach Your Baby To Read" (sigla TYBTR). O título pode parecer imperativo, mas o debate é muito enriquecedor e não há imposição de nada nem ninguém sobre os outros (apenas de se escrever em inglês / uma vez uma mãe começou um debate em espanhol e outras responderam, eu também entrei no debate, mas antes do 3º dia a moderadora interveio para que se voltasse a usar apenas o inglês). Esta semana este Yahoo!Group chegou a 2 mil membros!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails